Perguntas Frequentes

Não precisa de procurar mais, a sua resposta provavelmente está aqui. Os nossos especialistas prepararam respostas sobre a marca FRONTLINE®.

SAÚDE E SEGURANÇA

Os flebótomos e os mosquitos podem transmitir doenças graves aos cães e humanos. Por exemplo, os flebótomos actuam como vectores de Leishmaniose. Os mosquitos podem transmitir os parasitas causadores de Dirofilariose aos cães e várias doenças causadas por vírus e protozoários aos seres humanos.

Não. A transmissão de doenças vectoriais como a Leishmaniose, Dirofilariose ou Doença de Lyme nunca é directa entre animais ou entre animais e humanos. Estas doenças são sempre transmitidas através da picada de um vector apropriado infectado (carraça, mosquito ou flebótomo, dependendo da doença).

As mordeduras e picadas podem causar irritação e infecção local, mas o problema mais importante é que os parasitas podem transmitir aos humanos e animais uma série de agentes patogénicos.
Os flebótomos podem transmitir Leishmaniose a cães e humanos. Esta doença é endémica na região do Mediterrâneo, mas não é uma doença que o cão transmita directamente aos humanos. Como já referido, esta doença só é transmitida através da picada de um flebótomo infectado.

O FRONTLINE® TRI-ACT está licenciado para utilização em cães com um intervalo entre tratamentos de pelo menos 4 semanas. Não se recomenda que se aplique com mais frequência.

Para o FRONTLINE® TRI-ACT, o intervalo mínimo entre tratamentos é de 4 semanas. Se forem utilizados outros produtos, deve consultar o intervalo recomendado entre tratamentos mencionado no prospecto do produto usado. Consulte o seu Médico-Veterinário para obter mais informações.

Pode causar convulsões, pois afecta o sistema nervoso, e é potencialmente mortal nesta espécie. Por isso, está indicado apenas para cães. Se o seu gato contactou com o produto leve o animal imediatamente a um Médico-Veterinário.

Contacte o seu Médico-Veterinário para obter mais informações.

Este produto é indicado apenas para cães, não use FRONTLINE® TRI-ACT em gatos ou coelhos. Para além desta limitação, a gama de produtos FRONTLINE® TRI-ACT demonstrou um excelente perfil de segurança e os efeitos secundários são raros, porém como com qualquer medicamento, podem ocorrer. Estes são geralmente ligeiros e transitórios na maioria dos casos. Sempre que se suspeitar que o animal apresenta um efeito secundário causado por um tratamento, contacte o seu Médico-Veterinário.

Não deve tocar ou brincar com o cão ou permitir que crianças brinquem com este até que a área de aplicação do produto esteja seca. Portanto, é recomendável que, em lugar de fazer o tratamento durante o dia, aplicar a pipeta ao fim do dia (depois das crianças irem para a cama) e não deixar o animal dormir com o/a proprietário/a e, especialmente com crianças.

Quando utilizado de acordo com as instruções, a gama de produtos FRONTLINE® apresenta uma grande margem de segurança para os seres humanos. De acordo com avaliações científicas, cães tratados com produtos da gama FRONTLINE® não representam risco para a saúde das crianças ou adultos que possam estar expostos ao produto. Para informação completa por favor consulte o folheto informativo

Não. O FRONTLINE® TRI-ACT é apenas para uso em cães. Existem no mercado produtos específicos para uso noutras espécies domésticas, e devem ser esses a ser usados. Não use FRONTLINE® TRI-ACT em gatos ou coelhos pois o tratamento pode causar reacções adversas, incluindo a morte.